sexta-feira, outubro 21, 2005

Revolver


Revolver - 1966
Originally uploaded by AdamGreen.

« I want to tell you / my head is filled with things to say .. »
- George Harrison

Será sempre discutível o estatuto que Revolver, álbum beatlesco de 1966, adquiriu ao longo dos anos. Muitos seguidores da banda de Liverpool consideram-no o melhor álbum editado pelos Fab 4. Muitos críticos consideram-no o definitivo ponto de ruptura que abriu as portas a um mais audaz percurso. Outros ainda, apontam Sgt. Pepper's ... e The White Album como justos detentores daquele título.

A minha escolha porém prende-se com critérios bem mais subjectivos. Revolver foi talvez o primeiro álbum que inconscientemente escutei (mesmo antes dos Ministars, Onda Choc e Queijinhos Frescos). Desde cedo que temas como 'For no one', 'Yellow submarine' ou 'Here, there & everywhere' me deixaram preso ao vinyl que girava num agora poeirento Panasonic. Daí que, quando o conceito do Alta Fidelidade surgiu (a partilha, ao redor de uma mesa, de memórias musicais), de imediato a viciante melodia de 'And your bird can sing' recordou-me que seria este o álbum a partilhar. Desde os primeiros momentos de 'Taxman' (cínico manifesto anti-establishement) até ao desconcertante final de 'Tomorrow never knows', encontramos quatro rapazes ávidos de se libertarem das amarras do formato « boy loves girl / he wants to hold her hand » e do conservadorismo de Abbey Road. Por entre a solidão de 'Eleanor Rigby', o marasmo de "I'm only sleeping' e a dependência de 'Dr. Robert' traçam o caminho que os levaria a Let it be. Contando com a cúmplicidade de George Martin, Revolver regista a dinâmica competitiva entre três escritores de canções e um baterista.
Bless the four!

Pedro Sousa

3 Comments:

At sábado out 22, 04:12:00 da tarde 2005, Anonymous Inês S. said...

Revolver, que aliás é também um dos discos da vida do mestre Paulo Sebastião:
http://simbiosedotempoemharmonia.blogspot.com/
:)

 
At terça out 25, 03:32:00 da manhã 2005, Blogger manolo botello said...

vou seguir o teu bonito exemplo e deixar umas palavrinhas sobre o isn't anything.

 
At quarta out 26, 09:46:00 da manhã 2005, Anonymous spiv said...

Após uma rápida antes de um concerto em 1963, o John Lennon deu com a sua sangrada. Enquanto ensandecia para a groupie, o tour manager arrastava-o para o palco...

 

Enviar um comentário

<< Home